segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Metamorfose

Nos últimos tempos tenho me deparado com tantas indagações sobre meu novo eu.
É impressionante como facilmente as pessoas identificam as tranformações pelas quais passamos, que se refletem quase que constantemente numa frase clichê:
- Você está apaixonada? Está tão arrumada
Constantemente, também, procuro responder:
- Estou, resolvi me apaixonar por mim mesma!
Algumas delas entendem, outras ficam reticentes.
Na realidade, isso pra mim pouco importa, o que interessa é que aqui dentro existe um preenchimento de tantas manifestações e ao mesmo tempo um vazio imenso de tudo que um dia vivi.
Tranformações em grande escala...
Confusão boa de se ter.
Nessa metamorfose diária, fortaleço meus planejamentos, minhas alegrias e tento entender minhas angústias sabendo que elas são grandes aliadas da mudança.
E digo sempre ao meu fiel companheiro:
- Ah coração, te aquieta que um dia você será contemplado nos meus anseios... por hora peço a tranqüilidade de viver bem e melhor.

" e assim calado sei
que vou ser coroado rei de mim"

Um comentário:

ju lins disse...

amiga, que lindo!
linda... ''tudo principia da propria pessoa"
arrasou, coração!